Auxílio aos estudantes está no apoio escolar

Após a pandemia, o apoio escolar tornou-se uma etapa essencial ao aprendizado de qualquer estudante, não apenas aos alunos que não conseguiram acompanhar o ritmo de aprendizagem da turma nas escolas regulares.

O reforço escolar ajuda o estudante a compreender tópicos que não entendeu e a melhorar a base do seu desempenho escolar. Os índices de perda de conteúdo segundo as agências governamentais, chegam a 74% de perda de conteúdo, principalmente nos anos iniciais (Fundamental I). Para muitos estudantes, apenas o que é abordado nas salas de aulas regulares não é suficiente para um aprendizado orgânico e apreendido, levando a necessidade do apoio escolar, método que tem demonstrado eficiência na recuperação do alunos. Porém, esta metodologia é ainda subestimada na nossa cultura educacional.

Revisitar os conteúdos já vistos, aprofundar outros, sanar as principais dúvidas a respeito de uma matéria ou conteúdo em que o aluno não consegue entender é o principal objetivo da aula de apoio, que exige também um ótimo preparo dos educadores, afinal, a metodologia precisa ser instigante, interativa e divertida.

Felizmente, muitos prestadores de serviços educacionais podem ajudar os pais e escolas neste objetivo. Um exemplo são as aulas de apoio escolar do Espaço Absoluto, que conta com o suporte da franquia Super Gênio, com tecnologia inovadora e motivadora na educação Fundamental. Segundo o coordenador do Curso, Porfirio Amarilla, “os apoios escolares são espaços criados, tanto nas escolas, tanto em espresas específicas para isso, que visam a auxiliar a aprendizagem dos alunos, e devem ser considerados como parte integrante da escolaridade normal de qualquer um, pois, eles são diferentes uns dos outros e têm tempos e necessidades de aprendizagem distintas. Por isso, podem ter dificuldades momentâneas e específicas que precisam ser superadas“.

Outro modo de auxiliar os alunos nas suas dificuldades,  é institucionalizar espaços coletivos de discussão do trabalho pedagógico na escola, assim como o desenvolvimento de ações de formação continuada. Os docentes envolvidos nesse processo precisam de formação principalmente sobre o planejamento das estratégias de ensino, os instrumentos de avaliação e o registro dos avanços ou dificuldades dos alunos.

Fonte: Revista EA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s